10 benefícios da cerveja para a saúde comprovados pela ciência

A cerveja está presente em toda a parte, seja no almoço de domingo, no futebol com os amigos ou no happy hour da empresa.

O que muitos ainda podem não saber, porém, é que a bebida – consumida com moderação – traz diversos benefícios para a saúde.

Confira abaixo 10 benefícios da cerveja cientificamente comprovados:

1. Fortalece os ossos

Cerveja fortalece ossos Opa Bier

Um estudo americano publicado na revista Journal of the Science of Food and Agriculture comprovou que o silício presente na cerveja, quando consumida moderadamente, auxilia na melhora da densidade óssea, fortalecendo a estrutura corporal.

2. Mantém os rins saudáveis

Cerveja mantém rins saudáveis Opa Bier

Isso mesmo! De acordo com um estudo publicado no Clinical Journal of the American Society of Nephrology, a cerveja (consumida moderadamente) pode reduzir em até 40% as chances de desenvolver pedras nos rins.

3. Protege o cérebro

Cerveja protege o cérebro Opa Bier

A cerveja tem propriedades antioxidantes que, aliadas aos compostos polifenóis em sua composição e a uma dieta saudável, diminuem as chances de desenvolver o Mal de Alzheimer ou de sofrer Acidente Vascular Cerebral (AVC). É o que concluiu o artigo divulgado no Jornal of Agricultural and Food Chemistry.

4. Reduz os riscos de desenvolver câncer

Cerveja ajuda a prevenir câncer Opa Bier

O consumo moderado de cerveja tem se mostrado um aliado na prevenção de alguns tipos de câncer, devido ao xanthohumol, composto químico presente no lúpulo (insumo básico para a produção da bebida), como aponta estudo realizado no Centro Germânico de Prevenção ao Câncer e divulgado pelo Centro de Oncologia e Hematologia Multihemo.

5. Reduz as chances de ter diabetes

Cerveja diminui riscos diabetes Opa Bier

Um estudo espanhol realizado na Universidade de Barcelona, em parceria com o Hospital Clínico de Barcelona e o Instituto Carlos III de Madri, concluiu que o consumo moderado de cerveja (1 caneca por dia) pode auxiliar na diminuição dos níveis glicêmicos e aumentar a sensibilidade à insulina. Esse estudo pode ser conferido aqui.

6. Combate ao estresse

Cerveja combate estresse Opa Bier

Um estudo chileno divulgado pelo Portal G1 comprovou que a cerveja artesanal consumida com moderação, ajuda na redução do estresse oxidativo, devido ao seu potencial antioxidante.

7. Combate resfriados

Cerveja combate resfriados Opa Bier

Um estudo realizado no Japão comprovou que a cerveja pode ajudar a combater gripes e resfriados. Isso graças a um componente do lúpulo chamado humulone, que age contra o Vírus Sincicial Respiratório (VSR), um dos principais causadores de infecções respiratórias.

8. Aumenta a imunidade

Cerveja aumenta imunidade Opa Bier

O levedo presente na cerveja após o processo de fermentação da bebida é capaz de ativar um grupo de células de defesa do organismo (macrófagos), segundo estudo publicado na revista científica Annals of Nutrition and Metabolism.

9. Ajuda a combater a insônia

Cerveja contra insônia Opa Bier

Estudo realizado na Universidade de Extremadura, na Espanha, revelou que o lúpulo, um dos principais ingredientes da cerveja, colabora para a ação de um neurotransmissor que promove o efeito sedativo e diminui a atividade do sistema nervoso.

10. Aumenta a fertilidade dos homens

Cerveja e fertilidade masculina Opa Bier

Uma pesquisa divulgada pelo Portal Dailymail verificou que o consumo moderado de cerveja pode elevar a fertilidade masculina. A explicação mais aceita para este fato é a redução do estresse entre os pesquisados (homens que estavam se tratando para ter filhos) ao incluir o consumo da bebida na rotina. Fato é que os participantes da pesquisa que consumiram cerveja elevaram em aproximadamente 50% seu potencial de fertilidade.

Lembrando que todos esses benefícios da cerveja para a saúde só existem quando a bebida é consumida moderadamente.

Você já conhecia esses estudos, ou ficou surpreso? Assine nossa newsletter para receber dicas e curiosidades sobre o universo cervejeiro.

  • Maria Vieira

    O QUE ACHO QUE NÃO FICAR DIFICULTANDO O CONSUMIDOR CADA UM COMPRA O QUE PODE PAGAR : TEM QUE COMPRAR TANTO PARA PARCELAR ISSO É RESTRINGIR O DEGUSTADOR